Vencedores do prêmio RITA 2016 - Comentado!

Sábado a noite na conferência da RWA foram entregues os RITA, o "oscar do romance"! Aqui estão meus comentários sobre a premiação desse ano! Para saber mais sobre a premiação leia esse post, e veja lista completa dos finalistas no site oficial.




O propósito do prêmio RITA é promover a excelência no genero do romance, reconhecendo os romances marcantes. Ele é organizado pela RWA - Escritores de Romance da América (Romance Writers of America)

Até 2,000 romances competem o RITA a cada ano. Um livro pode ser escrito na competição pelo autor ou pela editora em uma das categorias. Depois da primeira rodada julgada por cinco autores do gênero, as inscrições que se encaixam nas qualificações para se tornar finalistas, entram para a próxima rodada. 



VENCEDORES DO RITA 2016


Romance Contemporâneo: Longo 
Se passa entre 1950 até o presente, com foco principal na relação romântica e com 84,000 ou mais palavras.



Uma das categorias mais disputadas! A vencedor foi Brokedown Cowboy da Maisey Yates. Ganhou dos livros de autoras consagradas como Jodi Thomas Jennifer Probst Jill Shalvis e Brenda Novak

Cotação no Goodreads: 3.98  


Romance Contemporâneo:  Médio
Se passa entre 1950 até o presente, com foco principal na relação romântica e entre 56,000 e 84,000 palavras.



Uma supresa esse ano! O ganhador foi um romance M/M publicado pelas autoras Sarina Bowen e Elle Kennedy. "Him" foi um sucesso, um dos livros mais bem recomendados do ano! E já tem sequência, o livro "Us.

Cotação no Goodreads: 4.33



Romance Contemporâneo: Curto
Se passa entre 1950 até o presente, com foco principal na relação romântica e entre 40,000 e 56,000 palavras.



Essa categoria geralmente é dominada pelos romances tradicionais da Harlequin. O vendedor foi The Nanny Plan by Sarah M. Anderson.

Cotação no Goodreads: 3.88



Romance Erótico
Livros com forte, geralmente explícitas, interações sexuais são parte da estória, crescimento dos personagens, e desenvolvimento do relacionamento e não poderiam ser removidas sem prejudicar o enredo. Podem contem elementos de outros sug-gêneros (como paranormal, histórico etc) 


Outra boa surpresa! For Real: A Spires Story por Alexis Hall, outro romance M/M e de uma editora pequena. O livro foi muito bem recebidos pelos leitores. Fiquei um pouco triste com os finalistas dessa categoria em geral, tivemos uma produção muito grande e boa de eróticos nesses últimos anos. Apenas 5 livros foram finalistas.

Cotação no Goodreads: 
4.29


Romance Histórico: Longo
Se passa antes de 1950 e com 89,000 palvaras ou mais.



Essa também surpreendeu. Tiffany Girl  da Deeanne Gist. Eu teria apostado na Sabrina Jeffries que sempre é uma favorita, ou Earls Just Want to Have Fun da Shana Galen, muito comentado esse ano.

Cotação no Goodreads: 
4.06  


Romance Histórico: Curto
Se passa antes de 1950 e entre 40,000 and 89,000 palavras.



Mais uma categoria disputadíssima. It Started with a Scandal da Julie Anne Long teve uma vitória merecida. Também ficaria muito feliz se Say Yes to the Marquess da Tessa Dare ou Julia Quinn, que sempre é uma autora que aparece e também já ganhou muitas vezes. Secrets of a Scandalous Heiress da Theresa Romain também tinha chances.

Cotação no Goodreads: 
4.06 


Romance Religioso
Livros com crenças espirituais ou religiosas são parte integral da trama.



O vencedor foi A Noble Masquerade da Kristi Ann HunterNão posso opinar pois não leio romances religiosos.


Cotação no Goodreads: 
4.12


Romance Paranormal 
Livros em que o futuro, o mundo fantastic, ou elects paranormais são partes integrais do enredo.


Esse eu nunca acertaria. Must Love Chainmail da Angela Quarles, um romance auto publicado! Ganhou de autoras tradicionais como Nora Roberts e outras fortes do gênero.


Cotação no Goodreads: 
4.28



Conto Romântico
Contos que tem o foco primário na relação amorosa. 



Quem venceu foi Nice Girls Don’t Ride por Roni Loren. Roni também foi finalista na categoria romance erótico, então foi merecido. Seus livros estão muito populares recentemente.


Cotação no Goodreads: 
3.91



Suspense Romântico
Livros em que suspense, mistério ou elementos de horror são partes integrais do enredo. 



Roxanne St. Claire teve duas indicações nessa categoria nessa edição, e os dois publicados por ela mesma. Mas o grande vencedor foi Flash Fire da Dana Marton, também publicado da mesma forma.

Cotação no Goodreads:
4.60  


Romance Adolescente (YA)
Livros em que a vida dos adolescentes são parte integral do enredo.



Também não entendi o número reduzido de finalistas nessa categoria, apenas 4. O vencedor foi The Anatomical Shape of a Heart da Jenn Bennett.


Cotação no Goodreads: 
3.92 


Melhor Primeiro Livro
Um livro em outra categoria da competição. Para participar, o autor não pode ter outro livro ou novela publicado previamente em qualquer formato.



 O vencedor foi a distopia adolescente Forget Tomorrow, escrito por Pintip Dunnpublicado em novembro. 

Cotação no Goodreads: 3.72


Saldo: A RWA mostrou que é o reflexo da diversificação que está acontecendo nos romances.   1/6 dos vencedores são romances gays e 1/4 auto publicados! Muito positivo!


E aí? O que você achou dos vencedores esse ano?
SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar
SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar

Comentários

  1. Oie.
    Nossa, da lista só conheço Him, mas não li ainda.
    Confesso que os que me chamaram atenção foram o históricos, pois amo romance histórico, é meu estilo favorito.
    Espero que alguns desses livros sejam lançados aqui no Brasil.

    Beijos.

    Lu - http://www.leiturasedevaneios.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente a maioria dos indicados não chegam a ser traduzidos! =/

      Excluir

Postar um comentário

Deixe sua opinião! Tento responder a maioria dos comentários!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha:The day of the duchess (Escândalos e Canalhas #3) por Sarah MacLean

Resenha: Uma noite como esta (Quarteto Smythe-Smith #2) por Julia Quinn

Resenha: Quando a Bela Domou a Fera (Contos de Fada #1) por Eloisa James