Resenha: Uma noite como esta (Quarteto Smythe-Smith #2) por Julia Quinn

AMAZON

Anne Wynter pode não ser quem diz que é…

Mas está se saindo muito bem como governanta de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um depósito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia – ninguém sabe ao certo – e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre.

Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo…

Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhecê-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio.

O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu matá-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela.





Uma Noite Como Esta tem bom ritmo e um dos heróis mais gentis que eu já li! Daniel foi absolutamente fantástico! Eu ainda não sinto que sou uma parte da família Smythe-Smith, mas foi um romance crível, com personagens inteligentes e doces que eu adorei.

Acredito que este romance é inferior ao seu precedente, Simplesmente o Paraíso. Nem tão engraçado e nem tão criativo, o enredo é mais previsível do que a autora geralmente apresenta. Algumas vezes não me sentia como se estivesse lendo um romance de Julia Quinn, estava faltando algo que faz com que seus livros sejam mágicos. Foi menos leve e divertido do que esperava.

Uma Noite Como Esta traz alguns elementos bem comuns como amor a primeira vista e uma governanta com um grande segredo.  Mostra um ritmo constante e uma reviravolta sombria. Estava esperando uma conclusão diferente para a história, não tão previsível.

Não é um romance típico da Julia Quinn mas tem seu charme em momentos simples. Infelizmente, decepciona os leitores mais leais no final, mas a alegria de ler seus livros está sempre presente.






O livro também está presente no Boxe da série, disponível na versão física e digital (ebooks).
Boxe Físico

Boxe Digital







Comentários

  1. Olá,

    Confesso que fiz a leitura da sua resenha por alto, pois vejo muitas pessoas comentando sobre a série e acabei tendo um pouco de interesse. Eu não gosto do gênero do livro, mas tenho um pequeno interesse pela história, mas fiquei um pouco com pé para atrás depois de ler a sua resenha. Enfim, não vou correr para fazer a leitura dos livros, vou esperar o momento certo! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quando estiver com vontade de ler um romance de época, recomendo a Julia Quinn ;)

      Excluir
  2. OOi!

    Quinnnnn! ♥♥♥
    Que pena que esse livro te decepcionou. É triste quando a gente não sente o brilho de uma autora que gostamos. Eu não vejo a hora de iniciar essa série! Estou com grandes expectativas, espero também não me decepcionar nesse volume.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o bom é que no box tem quatro livros, então algum deles vc vai gostar, te garanto! O ultimo parece ser o favorito dos leitores.

      Excluir
  3. Bem, com tantos livros já escritos, alguma hora a autora tinha que pisar na bola né? hahaha. Sempre me surpreendi com o fato de ela escrever tantas histórias, algumas do mesmo "universo", sem se repetir. Mas parece que aqui as coisas ficaram meio previsíveis né? Uma pena :(
    Não sou fã de romance de época, apesar de nunca ter lido, mas sabendo disso, é melhor eu continuar na minha haha.

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Ainda não tive nenhum contato com a escrita da autora, mas sempre vejo muitos elogios.
    O que mais me animou foi saber que o livro apresenta um dos mocinhos mais fantásticos segundo você.
    Estou curiosa para saber quem realmente é Anne, além é claro de descobrir porque os fãs mais fiéis se decepcionam com o final desse volume.
    Adorei saber mais sobre a obra através de sua resenha.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    A vontade de ler Simplesmente o Paraíso já se concretizou de tal forma que decidi que vai ser por ele que irei começar a ler a autora, mas uma pena saber que esse segundo livro do quarteto não tenha sido tão bom quanto o primeiro; mas, realmente, vi alguns comentários igualmente negativos meio por alto esses dias, mas é aquela história, não se dá para acertar o tempo todo. Ainda assim, quero muito ler essa série e mesmo que o final possa ser um pouco previsível demais, bom saber que, apesar disso, a história ainda tem seu charme.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  6. Puxa, estava com a expectativa altíssima para a leitura desse livro, já que li recentemente Simplesmente o paraíso e amei demais. Desanimei de saber que esse não é tão bom, mas como é a história do Daniel não vou resistir, terei que ler mesmo assim, mas agora já sei melhor o que esperar.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não tive a oportunidade de ler. Adquiri o Box mas ainda não deu.
    Que pena que n ão tenha sido tão bom quanto a primeira leitura... Espero que o próximo seja melhor.
    Estou bem ansiosa para começar a leitura. :D

    Ana

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá :)
    É uma penaq ue esse livro da Julia Quinn não seja tão bom quanto o primeiro, mas pelo menos, o personagem masculino continua sendo apaixonante.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe sua opinião! Tento responder a maioria dos comentários!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha:The day of the duchess (Escândalos e Canalhas #3) por Sarah MacLean

Resenha: Quando a Bela Domou a Fera (Contos de Fada #1) por Eloisa James